Você está na correria? Mas sabe para onde está indo?

correndo contra o tempo

Por Eduardo M. R. Lopes

Ao encontrar um amigo numa festa no último final de semana, perguntei-lhe “como andam as coisas” e, entre um sorriso meio amarelo e uma leve expressão de tristeza no rosto, a resposta foi categórica: “na correria”. “Mas aonde você quer chegar com essa correria toda?”, retruquei. Ele respirou fundo, olhou para o chão, como que pedindo desculpas, e disse: “Não sei, é a correria da vida”.

Continuar lendo

As 7 melhores frases inspiradoras (que escrevi até agora)

IMG_6298Por Eduardo M. R. Lopes

Nestes últimos meses, em complemento ao textos que escrevo e publico aqui no blog, tenho criado algumas frases inspiradoras e postado tanto na nossa fanpage no Facebook como também na nossa conta no Instagram.

Se você ainda não conhece, republicarei aqui algumas que fizeram sucesso e, se gostar, pode curtir e compartilhar à vontade, ok? Confira: Continuar lendo

4 reflexões do filme Zootopia para a carreira e a vida

filme

Por Eduardo M. R. Lopes

Entre tantas coisas boas que paternidade nos traz, sem dúvida o “salvo conduto” para assistir a todos os desenhos animados possíveis é uma delas: seja tanto para verificar quais desenhos acrescentam algo de interessante para sugerirmos para os nossos pimpolhos como também para acompanhá-los em todas as aventuras da Disney-Pixar (como já narrei aqui sobre O Bom Dinossauro) e da Disney-Disney, onde haverá sempre a certeza de termos a diversão garantida com direito a muitas reflexões interessantes para a carreira e a vida, que é o comentarei neste artigo baseado no excelente “Zootopia: essa cidade é o bicho”.

Continuar lendo

A magia do império Disney

livro disney sapoIIPor Eduardo M. R. Lopes

Tudo começou com um rato, ou melhor, com um coelho, e o mundo da fantasia nunca mais seria o mesmo. Se você nunca foi mas tem vontade de ir, se está a caminho pela primeira vez ou se já está voltando para mais uma visita aos parques temáticos, ou ainda se já admira e quer conhecer mais sobre (quase) tudo que envolve o universo Disney, pode procurar sem medo de ser feliz o livro “A magia do Império Disney” de Ginha Nader.

Continuar lendo

4 reflexões trazidas pelo filme O Bom Dinossauro para a carreira e a vida

obomdinossauroPor Eduardo M. R. Lopes

Quando temos filhos, retomar antigos hábitos que pareciam tão banais como ir ao cinema, por exemplo, levam tempo – e, no meu caso, foram dois anos e cinco meses até voltar a uma sala de exibição. Mas já antecipo que a espera valeu à pena, pois além de ter sido a primeira vez com a minha pequena princesinha, O Bom Dinossauro trouxe algumas reflexões interessantes sobre a carreira e a vida que gostaria de compartilhar com vocês neste artigo.

Continuar lendo

A verdade está lá fora

a verdade esta la foraPor Eduardo M. R. Lopes

Num mundo dominado por tantas tecnologias e o acesso (aparentemente) sem limites às informações que fazem com que qualquer criança se ache o supra sumo do conhecimento por saber fazer meia dúzia de pesquisas nos googles da vida, é quase uma dádiva rever os nossos velhos amigos Mulder e Scully, do eterno Arquivo X, de volta às telas firmes, fortes e mais inteiros do que nunca para relembrar para mais algumas gerações que, apesar do passar do tempo e dos avanços tecnológicos, a verdade ainda continua lá fora.

Digo isto, pois também acabei usando esta clássica frase como mote e desfecho numa palestra que apresentei no XI Marketing Meeting da USP em maio/15, onde tive a oportunidade de mostrar para os alunos da graduação um estudo de caso real do qual participei

Continuar lendo

Nós podemos ser heróis por bem mais que um dia

heroPor Eduardo M. R. Lopes

Numa semana em que vimos com surpreendente alegria o acrobático gol do Wendell “Davi” Lira derrubar (mais) uma pintura do magistral Messi e faturar o prêmio Puskás, também vimos com extrema tristeza o gênio David Bowie embarcar em sua nave rumo ao infinito e além, deixando por aqui um legado musical fantástico e o refrão de sua linda música (Heroes) quebrar o recorde de audiência nos serviços de streaming da vida.

Por falar nesta música, que para os que não conhecem trata de um encontro de dois amantes no Muro de Berlin e que diz que “podemos ser heróis por apenas um dia”, ela inspirou gerações e volta e meia ainda aparece em vídeos motivacionais – como o que eu vi em 2001, quando fui trabalhar numa grande petroleira internacional, e saí de lá direto para o shopping para comprar “qualquer cd do Bowie que tenha a música Heroes”. Mas voltando ao primeiro parágrafo, o ponto principal é que não precisamos ser um gênio completo em nossa área, como o David Bowie ou o próprio Messi (e muitos até são, mas talvez nunca descubram), ou ainda ter conseguido realizar um ato genial isolado, como o golaço do Wendell Lira, para sermos considerados heróis, pois na verdade todos nós já somos.

Continuar lendo

Não é o ano novo que tem que ser diferente – é VOCÊ!

diferente com sapo carasPor Eduardo M. R. Lopes

Mais um ano se inicia e com ele chega também aquela interminável lista de resoluções, tais como: perder peso, parar de fumar, encontrar o amor de sua vida, não virar mais (tantas) noites no trabalho, arrumar um novo emprego, ganhar na mega-sena, etc.

O grande problema é que infelizmente as resoluções da grande maioria das pessoas não conseguirão sobreviver além do carnaval, pois atropelados que somos pela correria do dia a dia com mais a tendência para deixar para amanhã o que poderia ter sido feito hoje, mal perceberemos que as festas juninas já chegaram num piscar de olhos, assim como as luzes do Natal já estarão despontando reluzentes no horizonte – e aí, tal como mágica, as poucas resoluções que ainda conseguirmos lembrar acabarão sendo empurradas automaticamente para o próximo ano que, “desta vez”, finalmente promete ser “o” ano.

Continuar lendo

Em qual lado você está: do propósito ou da tarefa?

propositoPor Eduardo M. R. Lopes

Muitos já tiveram este dissabor alguma vez na vida: na semana em que se resolve fazer as compras do mês no supermercado é justamente aquela em que o refrigerador resolve dar uma pane momentânea. E aí é aquela correria para tentar armazenar algo na geladeira do vizinho (se puder e ele estiver em casa) ou ainda arranjar um velho isopor de guerra para tentar salvar alguma coisa enquanto a assistência técnica não chega.

O problema vira então uma crise monumental quando o vizinho não está em casa, o velho isopor de guerra está na UTI, a assistência técnica só conseguirá chegar ao final da tarde, o freezer já está praticamente descongelado, a geladeira já não consegue manter a temperatura e você tem que correr para o trabalho, pois já está atrasado para uma daquelas centenas de reuniões importantíssimas e intermináveis. O quê fazer?

Continuar lendo

Os 4 passos para ter cada vez mais tempo

tempo relogioPor Eduardo M. R. Lopes

Desde que montei os Círculos Virtuosos, a pergunta que mais tenho escutado por aí afora de outras pessoas que também querem montar um blog (ou um canal no youtube, podcast, etc) é: como é que você consegue tempo para escrever e atualizar?

Continuar lendo